quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O CAMINHO, A DISTÂNCIA E O FOGÃO


"Geralmente os dicionários admitem que a palavra “caminho” tenha origem num termo do “latim vulgar” – “camminu-”. Simplesmente, como é bom de compreender, o dito “latim vulgar” não é latim. O termo latino foneticamente mais próximo é “caminus”, e significa “forno, fornalha, fogão”, e logo nada tem que ver com percursos ou distâncias. 





Já em fenício “kmn” (em boa verdade não sabemos como era pronunciado, talvez [kamene]), significa “distância”. 



É portanto incomparavelmente mais provável que a nossa palavra “caminho” provenha de “kmn” fenício que de qualquer palavra latina que possa significar “forno”. De resto continuamos a usar a palavra “caminho” precisamente no sentido de “distância”."

In: A origem da Língua Portuguesa, p. 150


 Por estranho que possa parecer ainda há quem continue a afirmar a origem latina da palavra! Ele há gente para tudo!


Sem comentários:

Enviar um comentário