quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O Saca-rabos e o escalabardo


SACA-RABOS

Evidentemente que, ao invés daquilo que se costuma afirmar, “saca-rabos”, um dos nomes populares por que é conhecido o Herpestes ichneumon, nada tem que ver com “sacar rabos”. O mesmo animal é conhecido no Baixo Alentejo e Algarve por “escalabardo” nome que provém de “skl brd”, que significa literalmente em fenício “insensato animal manchado”, ou “insensato animal malhado”. Quem conheça o comportamento da espécie saberá que é o mais descarado e desavergonhado dos pequenos predadores da nossa fauna, atacando a criação em pleno dia e sob o olhar dos próprios donos. O nome “saca-rabos” é por certo uma variante do “escalabardo”. O “skl” passou a “skr” (saca-ra) e “bwš” significa agir vergonhosamente. Assim “skl bwš” (algo como sacala buos) passou a “saca-rabos”. Por outro lado é de assinalar que tradicionalmente o nome “saca-rabos” é singular, dizendo-se portanto “um saca-rabos”. Este facto ajuda a perceber a origem não latina da palavra. Por último pode ver-se como há uma tendência recente para sujeitar o nome à norma geral do português, vendo-se já que surge escrito muitas vezes “um saca-rabo”, o que ajuda a perceber como evoluiu a língua popular quando pressionada pela gramática de raiz erudita.

3 comentários:

  1. Boa tarde. Antes de mais, gostaria de felicitá-lo pelo seu artigo, aprendi bastante.
    Contudo, gostaria de fazer alguns reparos... Sou algarvia e vivo com a minha mãe algarvia, e com o meu pai e avó alentejanos. Tanto nós algarvias como eles, dizem "escalavardo" e não "escalabardo", o que já confirmei ser a forma correcta, cf. o dicionário .
    Quanto ao outro nome comum, "saca-rabos", enquanto estudante de biologia, sempre me explicaram que o mesmo se prendia com o comportamentamento peculiar das suas crias em migração, que colocam o focinho por baixo da cauda do animal que as precede, em fila-indiana :)
    Espero poder ter sido útil :) Cumprimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As informações que referi anteriormente, podem ser consultadas em:


      e


      Os meus melhores cumprimentos.

      Eliminar
    2. Bom dia. Desculpe só agora responder ao seu comentário, mas só agora o vi. Desde já agradeço as suas observações. Em relação ao nome "escalabardo" ou "escalavardo" lembro que ainda hoje em vastas regiões do país os sons "b" e "V" são absolutamente indistintos. Eu moro em Odemira (Baixo Alentejo), e já tenho ouvido pronunciar de ambas as formas e até de uma forma "b/v" difícil de reproduzir por escrito. Penso que nesta matéria nem sequer há uma "forma correta", mas apenas diversidade de pronúncia. De resto no passado estes sons eram indistinguíveis...
      Em relação ao "saca-rabos", é claro que esse comportamento que descreve pode até reforçar a evolução fonética do nome, mas porque não "pega-rabos", "cola-rabos", "agarra-caudas", etc., etc., etc.? Penso que estes fenómenos de evolução linguística são efectivamente complexos, e que devemos ter o espírito aberto para os tentar perceber bem, por isso anoto a observação.
      Obrigado

      Eliminar